Palavras de uma mãe…

No dia 22 de Maio de 1987, nasce uma linda menina, Alessandra, meu primeiro presente de Deus. Forte, saudável, esperta!!! Quanto amor, quanta alegria, quanta felicidade!!!

Começa uma nova vida…quantos sonhos…quantos planos…alguns realizados, outros mais do que sonhados, outros nem estavam nos planos e foi bom!

Pouco mais de três anos depois, outro presente de Deus!!! Aos 26 de Outubro de 1990, nasce meu menino, Rafael!!! Lindo, forte e saudável também!!! Aí os sonhos passaram do limite, mas, mãe tem limite? Não, certamente não, nem nos sonhos, nem na vontade de vencer os obstáculos para cuidar e proteger seus filhos e nem no AMOR.

AMOR DE MÂE… Quem consegue definir ou mensurar?

A vida foi passando, dedicação total para torná-los pessoas do bem, saudável de corpo, mente e alma. Respeito, amor, diálogo, religião, base moral, educação, formação, princípios,…como também muitos erros e acertos, uma vida normal, mas com muito amor.

Infância, adolescência (ou seria “aborrecência”?) Seus 15 anos!!! Festa Surpresa!!! Quanta emoção, quanta colaboração dos amigos, parentes e, principalmente do irmão Rafael, que manteve o segredo até o fim. Também… era “apaixonado”por essa irmã! Obrigada a todos vocês que tornaram possível aquele momento indescritível, onde o amor e a emoção transbordavam em forma de lágrimas! Ela, nem desconfiou…foi realmente uma inesquecível surpresa!

Cresceu e quis bater asas. Tinha muita vontade de vencer barreiras, superar seus limites. E assim foi, sonhos…muitos sonhos. Intercâmbio – uma legião de amigos – faculdade em São Paulo – outra vitória. Cheguei a pensar por algum tempo que não voltaria mais. Enfim, descobriu que gostava mesmo é desta vida mais tranqüila da cidade do interior. Mais calor humano, onde todo mundo conhece todo mundo.

Demos início, então, a um novo projeto. Pronta para trabalhar. A vontade de vencer mais uma vez aparece e, associado ao trabalho em Marília, cursava MBA em Gestão Empresarial em Presidente Prudente. Queria ser uma empresária de sucesso. Não tenho dúvidas, ela seria!

Numa destas vindas, o sonho acabou…Minha princesa não chegou…Deus precisava de mais um anjo no céu…

Por diversas vezes, nas preocupações “normais” de mãe, dizia: – Filha, cuidado com isso, cuidado com aquilo…E sempre ouvia a mesma resposta: – Mãe, fica tranqüila, ninguém morre de véspera! E parece que o destino quis me mostrar isso. Nesta semana, ela veio um dia antes. Coincidência? Ou Providência Divina para consolar o coração estraçalhado de uma mãe?

Filha, você deixará uma saudade eterna, e este amor estará para sempre incrustado no nosso coração.

Hoje, estou dia a dia, travando uma batalha no reaprendizado da vida. Aprendendo a amar minha filha sem vê-la, sem sentir seu abraço, seu beijo, suas palavras, nossas conversas diárias. Sem um “dia de visita”, sem uma ‘linha de celular”. Não aprendemos isso, é uma inversão da lei natural da vida.

Somente com a Fé e com o Amor de Deus irei conseguir. Estou me esforçando.Não para esquecê-la, que além de impossível jamais quero, mas para me espiritualizar cada vez mais, ficando assim mais perto de Deus e de minha filha, que com certeza descansa nos braços de Jesus.

Hoje agradeço a Deus por ter me escolhido para ser por 23 anos, a mãe da Alessandra.

Agradeço ao meu querido filho Rafael, por todo amor, carinho, força e amparo recebido. Quanto você me ensinou…Te amo para sempre!!!

Agradeço aos meus pais pelo acolhimento, equilíbrio, sabedoria e dedicação. Meus irmãos e cunhadas pelo companheirismo e consolo recebido.

Agradeço também minha família, amigos e todas as pessoas que compartilharam nossa dor e nos ajudaram a superar esta adversidade.

 E, por fim, agradeço novamente a Deus por estar me dando força diariamente para continuar o meu caminhar.

Descanse em paz, minha filha e um dia, nós iremos nos encontrar…

71 respostas a Palavras de uma mãe…

  1. Tui disse:

    Tia, o site ficou lindo demais!! Que Deus conforte tua família e que conceda sempre força pra lutar, suportar e fazer o bem. Amo vocês!!! E vamos fazer montinhoooo!!! rs

    do amigo do coração, Tui

  2. Bia disse:

    Tia Ieda mais um enorme passo nessa campanha foi dado, tenho certeza que o número de pessoas que irão assinar esse abaixo assinado será surpreendente!
    Sua força, garra, dedicação e amor são os grandes responsáveis por tudo isso e tenho certeza que seu maior objetivo, evitar novos acidentes, será alcançado com sucesso!!!
    Um Beijo enorme, estarei sempre com vc!!!
    Agora, vamos divulgar bastante!!!

  3. Maria Teresa Santos de Araújo Ribeiro disse:

    Não conheci Alessandra nem conheço a família dela. Recebi a mensagem/campanha “Alessandra Vilella” de uma especial amiga que – incrível !!! – está passando pela mesma dor de perder um filho (e a nora) em um acidente automobilístico ocorrido após o da Alessandra. Sou mãe e avó e só estou registrando meu depoimento em homenagem a essas mães que, apesar da imensa dor, estão ainda conseguindo pensar no próximo, pensar no futuro.

    Ainda bem que elas existem!

    Há de existir uma resposta, há de existir um porquê para explicar essa dor.

    Se a partida desses jovens não servir para tudo o que gostaríamos que servisse, que sirva, pelo menos, para entendermos o quanto devemos lutar para viver em paz, em harmonia, amando e respeitando todos aqueles que nos cercam, pois realmente não sabemos o que a vida nos reserva daqui a um minuto.

    Que essas mães tenham força e fé para superarem esse momento e transformarem essa imensa dor em uma doce saudade, embora seja difícil imaginar uma saudade sem dor, principalmente se essa saudade for em relação a um filho.

    Obrigada.

    Diante da morte, diante da morte da(o) própria(o) filha(o), vocês estão conseguindo passar uma verdadeira lição de vida.

    Maria Teresa Santos de Araújo Ribeiro

    Belo Horizonte
    (amiga da Helaine, mãe de Guilherme e sogra de Ana Rita – falecidos em dez/2010)

  4. Alvaro disse:

    Chorei ao ler sua mensagem porque também perdi minha menina, Adriana, há pouco mais de 8 meses. Tinha 26 anos. Era linda, vivia 48hs por dia, tinha sonhos, planos que não se realizaram porque Deus a levou. Não foi acidente, mas foi tão repentino que até hoje não entendo bem o que aconteceu. Agradeço aos meus amigos e parentes e principalmente aos amigos dela que não me abandonaram e de certa forma me adotaram. Não passo um minuto na vida sem pensar nela e entendo a dor que você sente porque é a mesma que eu sinto. Vou participar do abaixo assinado a que o site se propõe para que outros pais não sofram também. Grande abraço

  5. Bruna Barreto disse:

    Mamaãe Ieda, você me deixou emocionada.
    eu sei o quanto dói perder alguém que se ama. E realmente ficar sem as conversinhas diarias, ou uma linha telefonica faz muita falta mesmo.
    Mas Deus é tão perfeito que deixa em nós as melhores lembranças e não permite que esqueçamos nem um pontinho da pessoa que amamos. Talvez pra nós seja impossivel intender os planos de um Deus tão perfeito, mais creia que coisas piores poderiam ter acontecido, e com amor Deus fez o melhor por ele.
    Faz 2 anos que perdi meu pai pra um acidente, mas não tem nada a ver com o da Alessandra.
    Eu sei que dói, e por isso desejo sinceramente que Deus possa abençoar a sua familia, e que Ele possa cuidar do coração de vocês, fazendo que a tristeza desapareça e fique somente a ternura da saudade, do amor por ela.

    Romanos 8:28ª “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus…”

  6. Thalita Sanches FErrari Stelato disse:

    Olá, Ieda!
    Meu nome é thalita e acabei de receber um e-mail contendo o seu site, estou muito emocionada pq temos uma amiga em comum e qdo li o seu nome, lembrei que a Catiuscia de Bastos já tinha me contato sua história. Gostaria de lhe dizer que você é uma mulher de muita garra e determinação por ter criado este site e ter tido essa iniciativa para que não perdamos outras vidas! Que Deus lhe abençõe SEMPRE lhe dando muita força e saiba que sua filha está muito orgulhosa de vc! Tenho certeza disso! ahhhhh qdo eu estava digitanto no notebook o meu nome no abaixo assinado do e-mail foi para o meu nome sem eu perceber… e meu nome saiu todo bagunçado… se tiver como arrumar, por favor, faça isso por mim… bjus fica com Deus!

  7. Maria José G. de Souza Macedo disse:

    Só o coração de uma mãe pode entender o coração de outra,principalmente na dor, na perda…
    Meu filho foi vitima de acidente numa outra rodovia,Julio Budiski,felizmente se recupera de fraturas graves,graças á DEUS…
    mas é inconcebivel que tenhamos que passar por tanto sofrimento,por conta da falta de responsabilidade dos orgãos competentes,que não conseguem ver a falta de segurança que há em tantas rodovias,no nosso caso com motéis ao longo da mesma,sem acesso seguro,onde veículos ao adentrarem ou saírem destes estabelecimentos,interceptam a outros em curso na rodovia ,causando graves acidentes,com perdas de vidas ou mutilando pessoas,como temos conhecimento no mesmo local e nada tem sido feito á respeito…como se o ser humano fosse produto feito em série de fácil substituição.Há mesmo que se levantar bandeiras e fazer ecoar nosso grito,por respeito,dignidade e SEGURANÇA…

  8. Kamila disse:

    Olá Ieda, nossa eu não sabia disso, que você e sua familia passaram por tudo isso, conversamos poucas vezes pra falar sobre negocios e vendas. Mas fiquei muto triste em saber e espero que Deus conforte seu coração e que te de muita paz.
    Um grande beijo

  9. Nelma Botti disse:

    Olá Ieda,
    Estivemos com Angela este início de ano e ela nos contou sobre o acidente. Desculpe pela ausência de tantos anos, mas saiba que de coração estaremos sempre unidas. Nossas vidas tomaram rumos distantes mas ainda tenho na memória nossa adolescência tão gostosa. Um grande abraço e muita paz! Nelma

  10. cynthia ceneviva miotto disse:

    Oi Ieda
    “Felizes os que esperam no Senhor”.
    Todo meu carinho e respeito.
    Conte comigo.
    Abraços

  11. Roseli Mendes disse:

    Oi Ieda, como vc, tbem perdi uma pessoa querida no dia 1º de janeiro de 2010, vítima do seu próprio marido, que dizia ama-la demais!… Não sei se quem ama mata! Enfim, dizem que Deus faz ou permite tudo com um propósito. Muitas vezes questionei a Deus o porquê de deixar duas lindas crianças orfãs de pai e mãe, ja que ele tbem tirou-lhe a vida. Ainda não tive respostas, mas as espero! como vc, penso que Deus está chamando o Seus!.. Pensei em fazer um projeto que pudesse ajudar mulheres que sofrem violencia doméstica, mas ainda não encontrei forças. Admiro a sua força, continue sua caminhada! Bjs

  12. Carla Marize Zaupa Zafalon disse:

    Olá Ieda
    Fiquei chocada e emocionada qdo soube da Alessandra.E compartilho,em menor proporção,da sua dor,de perder uma filha. Perdi a minha com 38 dias de vida,e já quase não aguentei de tanta dor…não consigo imaginar a sua dor,de 23 anos…..
    Mas temos que confiar em Deus e acreditar que existe um propósito para tudo que ocorre entre o céu e a terra.
    Parabéns pela sua iniciativa,de tranformar a dor em algo que possa ajudar outras famílias, e outras pessoas. Já te admirava como mulher e empresária,agora te admiro como mãe e ser humano que és.
    Que você encontre o conforto nos braços do Senhor e que este projeto alcance todas as dimensões possíveis,e para isso farei a minha parte,participando do mesmo.
    Força e serenidade pra você e toda sua família.
    Um forte abraço.

  13. Cecília da Silva Santos disse:

    Ieda,
    Quando fui até sua casa lhe oferecer um ombro amigo a pedido da presidente da empresa, confesso que não fazia ideia de como seria, olha, foi uma lição de vida para mim, saiu de Vitória uma Cecília e voltou outra. Agradeço de coração tudo que me ensinou com sua generosidade. Minha linda terá todo meu apoio aqui no ES na divulgação desse projeto.
    “Deus silenciou a tempestade com apenas um comando, ele levantou os mortos com apenas uma proclamação, ele alterou o curso da história do mundo com apenas uma vida. Deus sempre esteve e sempre estará certo.”
    Beijo no coração da sua eterna amiga

  14. ELIANE FRESSINET MAINENTE disse:

    Ieda, recebi esse site em um email de uma amiga que mora no EUA, imagina como isso está mobilizando pessoas. Não posso imaginar a sua dor, mas sei que Deus nos estende sua mão misericordiosa e nos reveste de força.
    Sei que a saudades permanecerá para sempre, mas como uma mulher de fibra que é, usará de recursos para ajudar outras pessoas que passam pela mesma situação.
    Estamos aqui apenas de passagem e logo poderá encontrar sua filha em Deus que é onde ela está, e com certeza cuidando de você e das pessoas que ela ama.
    Um grande abraço em seu coração e tenha certeza que estarei orando por você e pela sua familia.
    Fica com Deus!
    Eliane.

  15. Maria Aparecida disse:

    à Ieda e seus amigos,
    Não os conheço e recebi seu site por meio de uma prima. Essa sua idéia de cultivar a memória da Alessandra é maravilhosa. Sêneca em suas cartas consolatórias dizia que não se tem consolo com o esquecimento, mas com as lembranças e o cultivo da memória da pessoa querida. Então, sugiro, como ele recomendava, que por meio de conversas com os amigos, contando e ouvindo os relatos de casos vividos com ela e por ela, a memória de Alessandra se enriqueça de detalhes e informações que trarão à vocês um pouco de alegria e à ela uma forma de homenagem.
    Vou ajudar a divulgar seu site. Abraço, Maria Aparecida

  16. ALE disse:

    DEUS DARA TODO O CONFORTO A SUA FAMILIA, CREDE!
    PAZ E BEM
    ALE

  17. José Pissutti disse:

    Oi Ieda, nesta data de hoje é que fiquei sabendo da perda de sua filha…..Lí seu texto e fiquei emocionado e muito comovido com sua forca e determinacão na superacão…..
    Deus é grande.
    Estou morando em Cuiabá ha 21 anos. Tenho 3 filhos. Alan 19 anos, Ligia de 15 e a raspinha do tacho Arthur de 9 meses . Ao ler suas palavras fiquei imaginando que nós também passamos o mesmo por aqui…..mil e um conselhos de cuidado..!!!! mas quem sabe o destino de cada um é só o Pai.
    Que Deus continue lhe dando forcas pra continuar sua caminhada.
    Um grande abraco meu e de minha familia pra voce Ieda…!!
    Zé Pissutti & familia
    Cuiabá-MT, 19 de Janeiro de 2011

  18. Queridos amigos;
    Somente hoje fiquei sabendo desta tragédia ocorrida ano passado e fiquei muito emocionado com as palavras e o site em si. A atitude da Ieda esta sendo grandiosa..!!
    Esta sendo uma belíssima iniciativa e que Deus lhe confortará pela perda de sua princesa. Enquanto lia seu depoimento pensava que acontece o mesmo aqui em casa ( as recomendacões de CUIDADO…!!!!)…….mas Deus é Pai .
    Ieda nossos profundos sentimentos;
    Zé Pissutti, Maria José, Alan(19), Ligia(15) e Arthur ( 9 meses).
    Cuiabá-MT 19 de Janeiro de 2011.

  19. sandra disse:

    Olá. Não conheci a sua filha e nem a mãe desse anjo que se foi,mas acredito que nada é por acaso e mesmo sem tê-las conhecido, fica meu afetuoso abraço.
    Voce me fez chorar de emoção. Toda a energia positiva para vc!
    um abraço fraterno

  20. Lucinéia Aparecida Correia Paixão disse:

    Ieda, sei que não há palavra em idioma nenhum que eu possa aqui te enviar, com o intuito de te consolar. Não há, como voce mesma diz, como mensurar o tamanho da dor desta perda. Sou mãe de duas moças e um rapaz. Conheço a extensão do meu amor por eles… é infinita, mas não consigo imaginar o quanto dói essa dor. A única coisa que posso te dizer, creio que já te disseram, é que somente o tempo pode agir na cicatrização. Deus no consolo eterno e a passagem do tempo. Um forte abraço, terno e carinhoso. Néia.

  21. Franciele Cristina dos Santos disse:

    Parabéns pela iniciativa.
    Lamento pela sua filha, mas graças a sua atitude muita vidas deixão de serem ceifadas.
    Não sei (graças a Deus) o que é perder alguém que amamos tanto em acidentes de trânsito, nem posso mensurar sua dor.
    Naõ conheço você Ieda, mas já te admiro pela força que tens.
    Passei minhas férias de final de ano em Minas Gerais, e infelizmente presenciei um acidente com vítima fatal lá.
    As Rodovias, estradas, e até mesmo ruas em nosso país são de extrema vergonha.
    Seu projeto serve de exemplo para fazermos algo por nós mesmos.
    Não só em Presidente Prudente, Marília, enfim, mas para todos os lugares que passarmos e identificarmos essa falta de segurança, e até mesmo respeito com um povo que luta tanto.
    Mais uma vez parabéns pelo ato e lamento que sua filha tenha partido, mas isso já demonstra que a morte dela não foi envão.
    Em seu depoimento você relata que ela dizia que “só peru morre na véspera”, eu também sempre digo isso, acredito que nada aconetece por acaso.
    Fique com Deus.

  22. Alessandra Terrengui disse:

    Ieda.. Recebi um email com seu site por meio de amigo, já deixei meu nome no abaixo Assinado e depois de ler sua mensagem no site começei a pensar que passam muintas pessoas em nossas vidaas e cada uma deixam marcas em nosso caminho. Ainda que o tempo passe você mude aquele rosto jovem e sorridente servirá de força para você continuar…
    Mesmo não te conheçendo Parabéns pela sua iniciativa, e que Deus conforte você e sua familia..!

  23. Celly Amaral Ii disse:

    Querida Ieda,

    Não sei se você se lembra de mim;sou irmã da Valeria Amaral.
    Estivemos no dia mais triste ao seu lado,não sei se você se lembra,mas quero te dizer que tenho orado diariamente por você,pelo seu filho,enfim pela sua família.Tenho dois filhos e sei o que se passa no coração de uma mãe.Não sei precisar a dor que você sente(creio que não deva existir dor pior),mas quero te dizer que como mãe imagino o quanto sua princesa faz falta.Quero te deixar um versículo:”Tudo posso N`Aquele que me fortalece”.
    Fiquem com Deus
    Beijos

    Celly Amaral Ii

  24. Eliane Mendonça disse:

    Prezados Ieda e Alexandre,
    Não nos conhecemos, mas cheguei até vocês pelo e-mail de uma amiga que conheci em um evento profissional em São Paulo. Tenho minha querida irmã-amiga que reside na cidade que conheci em maio de 2010. Porém, a identificação com vocês veio pelo simples e grande fato de ser mãe e também ser abençoada por ter duas filhas, presentes do Deus Criador. E o que desejo à vocês é que matenham o foco na vida e guardem a fé, pois acredito que da forma como vocês criaram e educaram Alessandra, ela gostaria que assim fosse, pois era determinada e não se detinha diante das dificuldades. Que o brilho dos seus olhos sejam refletidos através de vocês. E vocês demonstraram que podem. A prova disto é a iniciativa do projeto. Quando vocês começarem a vislumbrar os resultados dessa movimentação, vocês saberão que nada é em vão.
    Que a paz de Deus, que excede a todo entendimento, possa guardar os seus sentimentos e o corações Nele, Autor da nossa salvação, hoje e sempre. Um grande abraço.
    Eliane Mendonça

  25. Renata Sandoval Gonçalves Belfort disse:

    Querida Ieda,
    Depois de 20 anos longe de Prudente,retorno a nossa cidade e dias depois tenho a noticia do acidente com a sua filha.O que dizer?Lembro-me da época em que trabalhava contigo na Art Mulher e a pequena Alessandra dava suas voltinhas na sala de ginástica,ou sentava na cadeira da mamãe Ieda para ajudar…eu me lembro…
    Senti muito e continuo sentindo …dor é dor…sofrimento é sofrimento…aos domingos quando a vejo na missa ,em silêncio oro com você e por vocês!
    Nenhuma batalha é em vão.Temos sempre que lutar pelo que queremos e acreditamos.Por isso estou com vcs neste projeto em que sinceramente acredito !Conte comigo sempre!Em oração com você!PAZ e BEM!
    Renata

  26. SANDRA ROSICLER ESPÍNDOLA disse:

    ALEXANDRE E IEDA,

    NESTA VIDA, A ÚNICA CERTEZA QUE TEMOS É QUE ENQUANTO VIVEMOS ESTAMOS CONSTRUINDO SONHOS, MAS INFELIZMENTE ALGUNS DELES NEM CHEGAM A SER REALIZADOS POIS O TEMPO DE DEUS NUNCA COINCIDE COM O NOSSO.
    É LAMENTÁVEL TERMOS QUE PASSAR POR UMA SITUAÇÃO DESSAS, É MUITO DOLOROSO PERDER UMA PESSOA QUE AMAMOS…
    FICA AQUELE VAZIO NA ALMA, O CORAÇÃO PARECE PERDER A SUA FORÇA, SENTIMOS FRACOS COMO UM GRÃO DE AREIA… É COMO SE A PARTIR DAQUELE TRISTE E INESQUECÍVEL INSTANTE NOSSA EXISTÊNCIA AQUI NA TERRA PERDE A GRAÇA E O SENTIDO.
    NOS SENTIMOS SERES IMPOTENTES E INCAPAZES DE ENTENDER O “POR QUE”.
    NA VERDADE, SOMOS IMPERFEITOS PARA ACEITAR A PERDA DESSE ALGUÉM PARA AQUELE SER SUPREMO, O ÚNICO REALMENTE DONOS DE NÓS MESMOS.
    POR ISSO EU DEIXO AQUI MEUS SINCEROS SENTIMENTOS A VCS E FAMÍLIA, ENTENDO PERFEITAMENTE O QUE ESTÃO PASSANDO E SÓ POSSO DIZER QUE REALMENTE SÓ O TEMPO E COM A AJUDA DIVINA QUE UM DIA, ESSA DOR SERÁ AMENIZADA.
    TENHAM FÉ E MUITA FORÇA!
    ABRAÇOS

  27. Viviane Rocha disse:

    Olá Ieda!
    Neste momento gostaria de dizer tantas coisas, mas a emoção me paraliza… a unica coisa que consigo te dizer é que estarei rezando por você e por sua família, e que JESUS a tenha em seu colo lhe consolando.
    Fique com Deus!

  28. Walmy Geraldo de Almeida disse:

    Ieda, lembra-se de mim?, eu sou aquele seu amigo, ex proprietário da franquia de móveis FLORENSE. Não a vejo a muito tempo, e queria dizer-lhe que senti muito, mas muito mesmo o falecimento de sua filha, eu a conheci quando criança, pois vim para Prudente em 1984, sou o pai daqueles dois meninos deficientes auditivos< lembra-se de mim e da Graça?. Querida, eu sofri com sua perda, pois, talvez por ter uma situação diferente estas desgraças me deixam muito emocionado. Mas como já disseram vários dos amigos que comentaram anteriormente, e também em suas próprias palavras, quem somos nós para querermos
    questionar a Deus, é verdade, sua filha era uma pessoa muito, mas muito especial, e com certeza ela estava fazendo mais falta junto de nosso Pai todo Poderoso, que ele derrame bençãos de conforto sem medida sobre você e seus queridos. Cheguei uma tarde na Botica Nativa e a Ziza pediu-me para assinar no abaixo assinado, após saber o motivo disse a ela, não irei dar a minha assinatura, da-me uma folha, vou pegar várias assinaturas, e assim fiz.
    Soube de sua visita ao deputado Bragato, ainda continuo colaborador dele, entretanto estou assessorando a vereadora Kátia Guímaro, desde as eleições de 2008.
    Qualquer coisa, conte conosco. Um grande beijo em seu coração.
    Seu amigo Walmy

  29. Patricia - Birigui disse:

    Ieda imagino que só Deus para lhe dar forças para superar. Não a conheço pessoalmente, más sei que é uma pessoa do bem, muito querida!! Me emocionei demais com a sua história e de sua família. Hoje sou mãe e sei o amor que sentimos por cada pedacinho nosso que colocamos nesse mundo tão cruel. Fica aqui os meus sentimentos pelo ocorrido e saiba que estarei orando por vc e por ela.

    Um grande e forte abraço!!

  30. Ir. Apparecida Crepaldi disse:

    Querida Ieda! Não tenho palvras de consolo para você, para o Rafael e toda sua família. Sei que ninguém consola a não ser a certeza de que DEUS EXISTE. Isso nos dá a esperança de um reencontro. O MISTÉRIO é grande! A vida e a morte são mistérios que não conseguimos decifrar… mas, na grande Luz interior que Deus nos dá, podemos encontrar forças para esperar com esperança. Pela Alessandra a minha prece e para vocês , um pouco da minha presença e carinho neste momento belo e doloroso… DEUS ESTEJA COM VOCÊS! Colocarei o nome da Alesandra amanhã na intenção da Missa. Ir. Apparecida

  31. rosana disse:

    ola muito linda sua historia de mae sinto muito pela perda mais deus sabe de todas as coisas e vc e´uma super mar que deus te abençoe sempre bj

  32. Sandra Assef disse:

    Ieda, como estou triste! Não estava na cidade quando aconteceu, mas ao saber, fiquei imensamente comovida, principalmente porque não consigo entender porque uma mãe passa por isto? É injusto! Somente quando colocamos nosso coração em Deus, podemos imaginar que lá no céu Ele também precisa de cada um de nós em algum tempo. O seu “anjo” se foi, mas para um bom lugar ao lado Dele! Apesar da saudade, que continue a esperança! E que louvável e corajosa atitude a sua, apesar da imensa perda, se desdobrar dentro de sua dor para ajudar a outras tantas famílias para que não passem por esta tristeza.
    Apesar de não termos muito contato, guardo sempre com carinho sua imagem de uma “menina” linda, alegre, simpática, sempre atenciosa com todos.
    Deixo aqui meu respeito e apoio a você e sua familia pela causa que abraçaram, minha solidariedade de mãe e meu sincero carinho! Conte comigo para o que for preciso!
    Um grande abraço!
    Sandra.

  33. Letícia Anchieta disse:

    Tia Ieda,

    Não sabia do site, fico muito lindo e tudo o que você escreveu me emociono demais e me fez sentir ainda mais saudades dela!!!!
    Ela era uma mulher maravilhosa, muito determinada e por onde passava deixava seu brilho e sua alegria!
    Mesmo estando distante de você e do Rafa, pode contar sempre aqui com as amigas de Sp. Não existem palavras pra explicar a nossa amizade, a nossa ligação, uma verdadeira irmandade. Agradeço todas as noites por ter tido o privilégio de estar perto da Alê esse tempo todo!

    E como você disse um dia nos iremos nos encontrar!

    Um beijo enorme em vocês!

  34. Maria Rita Guimaraes Maia disse:

    Ieda querida,
    …todos nós tentamos expressar nossos sentimentos tentando ser cumplices de sua dor,
    mesmo cientes da impossibilidade de mensurar o que sente uma mãe,um pai, um irmão, um 2 pai, avós, tios, enfim … os primos,os amigos mais próximos e nós os mais distantes, mas , que mesmo à distância nos queremos tão bem e torcemos pelo bem viver uns dos outros…
    saiba,e sei que voce tem sabido disso, que essa luta não será mais só sua. Já não é mais nem prudentina. A Alessandra, sua linda e adorada filha será lembrada e amada para sempre, e veio para nós ,assim como Mariana Braga e minha sobrinha Madu, a Maria Eduarda de Barros Hofig Maia, são anjos e estarão sempre por perto espalhando a paz, a não violência nas estradas e a vida pelas doações de medula.
    Obrigada por ter puxado nossas orelhas e ter nos dado este exemplo de fé e perseverança!!!Grande mulher, grande IEDA!!!!!
    beijo com carinho e extrema admiração, Maria Rita G.Maia(grupo Madu-madula)

  35. Ieda, estamos com você nesse projeto e o site ficou ótimo. É muito bom se apegar a projetos e idéias como essa para evitar novos acidentes. Li sobre esta rodovia e realmente, se nenhum providência for tomada, nada mudará, como em um dos depoimentos dados no site, os policiais dizem que é normal acidentes no loca. Parabéns pela iniciativa.
    Rezo sempre pela Ale estar no conforto de Deus e para você continuar seu caminho com a alegria que sempre teve no sorriso e nos olhos.
    Que Deus te conforte sempre!
    Bjos Amanda e família Altavini ou Altafini como quiser…rsrs!

  36. Elias Guerra disse:

    Você perde os pais, você é orfão(ã)…..
    Você perde o cônjuge, você é viúvo(a)….
    Você perde um filho, o que você é??? É algo inonimável. Como pai, não sei se teria forças para suportar tal fardo.
    A você, mãe de Alessandra, que Deus possa sempre lhe dar alento à esse coração, para que possas suportar tal perda!
    Deixo aqui meus sinceros votos de superação, amor, e pesar.
    Abraço a todos da família!

  37. Roslâine disse:

    Ieda…

    Tenho dois anjinhos no céu, Leandro e Gabriel, sei o quanto doi a falta de um filho… é uma batalha diária, temos que reaprender a viver sem eles pertinho de nós, mas acredito na frase, “…Aqueles que amamos não morrem… apenas partem antes de nós”…
    Querida que Deus continue abençoando você e sua família…

    Um beijo com muito carinho!

  38. Eliza disse:

    Olá Ieda
    Não há conheço , nem a sua filhota, fiquei sabendo agora, por uma amiga.
    Meu Deus, é doído demais, só Deus mesmo pra confortar seu coração e da família.
    É como Diz o amigo acima,
    Quem perde quem , tem um alento.
    Mas quem perde filho…
    é tão descomunal a dor que não tem adjetivo nenhum para colocá-lo.
    Beijos nesse coração de mãe
    Eliza
    ( mãe de 2 filhos , 29 e 26 anos)

  39. Marcela Vital disse:

    Tia..
    me pego pensando dia após dia no porque de ter acontecido isso com a Alê, há dias em que arrumo alguma explicação divina, outros dias não consigo me conformar, mas enfim, acho que só Deus pode entender e com certeza um dia também iremos entender, quando nos reencontrarmos em algum outro plano!
    Fiquei muitissimo emocionada com suas palavras, e fico muito feliz ao ver sua força e atitude de ter criado este site, espero que seu pedido seja ouvido e mudanças aconteçam.
    Sua filha, minha amiga, aquela mulher incrivelmente encantadora e notável, é muito importante pra mim, fez parte da minha história, na verdade fez parte dos capitulos mais gostosos dela, a fase onde descobri tanto da vida, onde fiz amizades eternas, que acredito serem mais do que amizades, são irmãs que Deus colocou em meu caminho, a Ale foi uma delas. A ligação que tinhamos era linda, ela deixou sua marca de uma maneira muito intensa em meu coração! Pra sempre ela estará comigo em meus pensamentos e em minha orações.
    Quero deixar aqui meus sinceros sentimentos à toda familia, e também deixar registrado todo o amor que tenho pela sua filha!
    O que precisar pode contar com as amigas de SP!!

    Beijos!!

  40. Heloise G Voigtmansberger disse:

    Olá Ieda e Família,

    Assim como muitos que estão passando virtualmente por aqui, eu também não os conheço pessoalmente. Mas quando se fala na dor de perder alguém que tanto amamos, a maioria entende, pois já passou por isso, porém, não há como comparar, o sofrimento de cada um é diferente. E o sofrimento pelo qual você, como mãe, está passando, não consigo nem imaginar… Li cada palavra sua com lágrimas nos olhos, emocionada…
    Assinei o abaixo-assinado e espero contribuir com esta causa tão nobre que você, mesmo com o coração partido, abraçou.
    A você, a toda a sua família e aos amigos que sempre vão amar Alessandra, o meu carinho e o meu pesar.

    Heloise.

  41. Denise Garcia Herrera disse:

    Ieda querida,
    Me emocionei ao ler o site. Parabéns pela iniciativa.
    DEUS te abençõe e te traga Paz em todos os momentos de sua vida.
    Adoro voce!
    Beijos

  42. SILVIA DA SILVA disse:

    Ieda,

    Que tristeza perder uma filha assim tão jovem e cheia de vida…. que exemplo e lição de vida de uma mãe ainda sentindo a dor da perda e da saudades, em criar esse projeto para evitar futuros acidentes no mesmo local… com certeza sua luta não será em vão. A luz da sua sempre menina Alexandra agora uma “estrela” que brilha no céu feliz com a iniciativa e força de sua mãe amada. Assinei o abaixo-assinado e espero contribuir com esta causa. Seja forte e guerreira, eu como mãe e futura avó… estou rezando pela sua luta e que tenha a vitória. Tenho certeza que foi e sempre será orgulho de sua querida Alexandra. Que Deus te de o consolo com a certeza que sua filha em paz e na luz divina.

    Beijos no seu coração.

    SILVIA

  43. Nielson Ferreira disse:

    Cara Ieda, acredito que a maioria de nós passamos por situações parecidas e que somos surpreendidos pelas experiencias dolorosas da Vida, Vida esta que é o nosso laboratório de pesquisa e progresso espiritual. Acho que a melhor mensagem que poderia lhe deixar é esta do Chico Xavier. vamos aderir sim esta campanha ,pois muita coisa ainda podemos realizar para que nosso país cresça também. abraço!
    Chico Xavier – Em outros casos semelhantes, temos recebido o esclarecimento de que essa dor, essa dor entranhada na alma inconformada daqueles que ficam, prejudica muito e às vezes, de maneira intensa, aos corações amados que nos precedem na Vida Espiritual. Seria tão bom que essa mãe generosa pudesse entregar o filhinho a Deus, de quem ela recebeu esse mesmo filho, a fim de protegê-lo e orientá-lo nesse mundo! E estamos certos de que ela procurando reencontrá-lo entre tantas outras crianças que ai estão necessitadas, rapazes mesmo que precisam de benfeitores paternais e maternais, essa abençoada mãezinha estará extinguindo a dor dela no caminho desse filho, que deve, naturalmente, se afligir.
    Peçamos a Deus para que ela tenha bastante serenidade e que, na condição de mãe, na grandeza maternal de todas as mães, ela possa continuar auxiliando e abençoando o filho que partiu no rumo da Vida Maior.

  44. Gioconda Ap P P Guerrisi disse:

    Meu Deus acabei de ver pela Tv, Ieda, desejo de todo meu coração de mãe, que Deus continue te trazendo forças, pois já passei por parecido, mas graças a Deus ainda não ersa hora de meu filho ir, foi em outubro de 2009, por isso sei somente uma parte do que vc passou e passa, por vc a unica coisa que infelizmente posso fazer é orar e pedir a deus muita paz, e serenidade por vc, fique com deus e com suas bençoes.

  45. Danieli disse:

    Olá Ieda, Vi a reportagem sobre o acidente de sua filha no canal da Band, não os conheço, mas posso imaginar a dor e a tristeza que você e toda sua familia devem estar passando. Nada do que disserem ou o que fizeram…fará com que diminua a sua dor….somente o tempo será capaz de amenizar um pouco a falta que lhe fará. Mas existe um Deus maior e maravilhoso…que sempre lhe confortará nos momentos de tristeza…e de saudade!!….É uma pena que pessoas tão novas estejam indo embora tão cedo….mas Deus sabe o que faz….e ele sempre quer pessoas boas do lado dele!..Força….e que Deus a abençõe sempre!!!

  46. Flávio Souza de Godoy disse:

    Olá, esses dias passei por esta estrada e realmente ví que ela tem e possiblita acidentes, logo depois ví a reportagem na TV sobre o ocorrido.
    Força, fé e que Deus os console, pois só Ele trará tranquilidade para sua familia

    Flávio

  47. Patrícia Khalil disse:

    Tia,

    fiquei emocionada com as suas palavras descrevendo a história da Ale. Era extamente isso. Uma hora ela queria ir embora…achava a vida no interior entediante. Os primeiros anos que ela ficou em SP amava e achava o melhor lugar do mundo…mas depois viu q a felicidade dela estava no interior mesmo.
    Ela estava muito feliz trabalhando e estudando. Estava se sentindo uma pessoa realizada.
    Sinto muito a falta dela! Nós tinhamos uma ligação muito grande. Ela sempre me escutou muito e eu ela. Ela era uma grande amiga. Minha companheira! Jantares, baladas…para tudo. Até o Natal ela já passou comigo. E o ultimo reveillon dela…passou comigo….=(
    Uma mulher linda, inteligente, esperta e super determinada!
    Um dia ainda vamos ver ela denovo…enquanto isso ficamos na saudade e sabendo que Deus está tomando conta dela.
    Tia, vc sempre poderá contar com todas nós amigas de SP. Estou esperando o nosso almoço.

    Um beijo a todos da família e muita força nessa hora tão dificil

  48. Ana Maria S, Silveira Wehbe disse:

    Ieda, que Deus te dê sua luz e conforto e que Maria seja um exemplo de força e de mulher para voce. Confie Nele e grandes coisas Ele fará. Um gde abraço

  49. Carmen Montes Carreira disse:

    IEDA
    PEÇO A DEUS, EM MINHAS ORAÇÕES,QUE TE CONFORTE,TE FORTALEÇA,IMAGINO QUE NÃO SEJA FÁCIL….
    SUA ATITUDE QUANTO AO PROJETO FOI MARAVILHOSA,CONTINUE FORTE NESTA BATALHA.
    DEUS ABENÇOE A TODOS!!
    BEIJOS

  50. Dona Ieda, parabens pela iniciativa não apenasdo site mais de todo o projeto, pois muitas pessoas tratam as tragédias como um fim pessoas que tem um coração ligado a vontade de Deus transformam momentos difíceis da vida em oportunidade de revolucionar tudo a sua volta, conte conosco nesta luta, estamos juntos, Deus abençoe toda a sua familia, grande abraço!!!

    Angelo Bom Sucesso

  51. Roberto Vitto disse:

    Que DEUS esteja sempre com voces.. estamos orando para que ELE de força a todos da familia.

  52. Juliane Scandian disse:

    Querida mae,
    Fiquei emocionada com as suas palavras, imagino o quanto esta perda doi.
    Desejo que Deus conforte voce e sua familia. Como ouvi um padre dizer na perda de uma amiga muito querida: “Deus tem um jardim muito lindo no ceu e Ele escolheu uma flor linda para enfeitar seu jardim” Com certeza Alessandra esta la junto a Ele e olhando por voces.
    Deus abencoe voce e sua familia.

  53. Alessandra Camacho disse:

    Oi Ieda!!!!!!! Você está sempre surpreendendo com essa força de FÈ. parabéns ,e a LÊ ………….. nossa é dificil ,bom estou com o seu sorriso ,o olhar forte e a alegria que ela nos deixou plantada no nosso coração DEUS ESTÁ NO CONTROLE DE TUDO ,continue confiando.

  54. Letícia Torres disse:

    Querida Ieda….

    Somente hoje li esta mensagem, realmente é de se adimira a sua força, a sua coragem de realizar esse projeto. A sua pretinha se foi, mas com certeza ela deixou sua marca, seu jeito de ser maravilho, autentica e principalmente a sua alegria. Convivendo todos os dias com você e a cada dia te admiro mais como patroa, amiga, mãe e principalmente como pessoa. Oro todos os dias para que Deus de força para você, para D. Miriam, Rafa, o Alexandre e toda sua família. Amo muito vocês e conte sempre comigo.

    “Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus…” EC 3.

  55. paulo oliveira disse:

    Dona ieda que deus de muita força pra voce , pois não é facil, mas pode ter certeza, que deus vai lhe ajudar ele tem ouvido a tua oração, de uma chance pra Jesus, ele não está na cruz está vivo e vai te abençoar, conta pra ele onde está a tua dor, pra tudo ele tem a soluçao, agora é so uma questão de tempo, ele esta neste momento intercedendo por voce, deixa deus te ajudar entrega pra ele teu coracao olhe acredite tenha fé ele não muda ele a solucao pra tua vida( esta musica esta no youtube) digite deixa deus te ajudar que o paulo esta cantando no violao amem que deus abençoe a vida da senhora e pode ter certeza que ela nos braços de Deus

  56. Silvio Rigonato disse:

    Ieda atraves da midia tomei conhecimento da sua luta, parabenz pela sua coragem e iniciativa pois se todos nós tivessemos essa postura as coisas seriam diferentes, sou policial militar,instrutor,palestrante de transito,tenho conhecimento com pessoas serias que atuam diretamente nesta area que poderiam somar forças com você .
    Se quiser fazer contato estarei a sua disposição.

  57. Glauco Antonio Ruiz disse:

    Ieda, Rafael, familiares e amigos da Alessandra, que Deus conforte o coração de vocês.

    Parabéns Ieda pela iniciativa, se cada um de nós fizesse um pouco do que você está fazendo ao invés de perder tempo somente com tantas bobagens do dia-a-dia, com certeza evitaríamos situações trágicas e tristes como essa pela qual passou.

    Que a força Divina permaneça sempre com você !

    Grande abraço
    Glauco Ruiz

  58. Amanda C. V. da Gama (SILVA) disse:

    Oie Ieda,

    bom nessas horas que agente não tem certas palavras para usar..

    Mais que Deus te conceda a paz que vc merece pois essa paz só Ele pode nos conseder A paz espiritual .

    Que ele possa confortar o seu coração e de tdos aqueles que tb sentem muita falta de Alessandra.

    Eu encontrei o seu site atraves do meu e-mail , pois me enviaram o link.
    Bom, eu fiz um curso que se chama Leader Training (LT) nesse fim de semana , não sei se vc já fez ou se conhece..
    Mais nesse curso eu sei que vc pelo menos vai encontrar pessoas tão especiais como vc , e que concerteza vc levará para sempre.

    Venha fazer parte da nossa familia SILVA , pq vc é merecedora , e merece ser ainda mais e mais feliz !!

    esse é o site do IMAP ( empresa que realiza o curso )
    http://www.imapbrasil.com.br

    Caso vc queira falar comigo meu e-mail é> mandi_180@hotmail.com

    UM BEIJO ENORME NO SEU CORAÇÃO
    QUE DEUS POSSA TE ABENÇOAR GRANDIMENTE ..
    FICA COM DEUS LINDAAA!
    s2

  59. Jorge Moreira disse:

    Mãe…que história linda voce viveu…sim, uma linda história que, como vc mesma diz, foi interrompida por “faltar” anjos no céu.
    Me solidarizo com sua luta e estou repassando a todos meus amigos o site que criou, afim de que possamos mudar essa trsite realidade…
    Sou formado em segurança do trabalho e percorro inúmeras estradas de nosso estado, onde os governantes fazem uma propaganda enganosa de serem as melhores do país, mas uma estrada segura não se faz só com asfalto e sem buracos e sim com cruzamentos e sinalizações seguras, coisa que estão longe de se afirmar que nossas estradas serem seguras.
    Deixo aqui meu apoio a sua luta, meu ombro amigo para quando pensar em desistir e acima de tudo minhas orações pela Alessandra sim, mas principalmente a vc para Deus possa te dar a coragem de viver os anos que lhe falta para se encontrar com ela no céu, afinal vc tbem é um anjo que um dia o Pai vai precisar no céu.
    Deus te abençoe, te ilumine e de a paz, não a que o mundo dá, mas sim a quem só ELE pode nos concerder…Jorge Moreira – Campinas/SP

  60. Adriana Corral Tacaci disse:

    Querida amiga.
    Como dizer isso a vc?
    Amigas de infância, sonhos da adolescência. Vivemos cada momento que nos foi permitido.
    Alguns meses… este foi o tempo de diferença entre os nossos casamentos e planejamos junto, nosso futuro, o futuro de nossos filhos.
    Vc, amamentando aquele anjinho, que logo sorria para todos, engatinhou e começou a andar.
    (Estou rindo), como uma coisinha daquele tamanho poderia andar.
    Lembra? No aniversário de um ano da Fer, vc esta grávida da Alê.
    Minha filha, Fernanda, que nasceu alguns meses antes da Alessandra, todos os sonhos se tornaram realidade.
    Já falávamos do futuro, lembra quando brincávamos e planejávamos como seria o momento que nossas filhas, juntas, se preparariam para uma “balada”
    Cresceram rápido demais… o tempo passou e a vida nos mostrou como a amizade realmente é eterna. Nossa vida amiga, está ligada por muitas outras vidas! Sei disso.
    Sabe… tudo estava planejado para que eu fosse a Presidente Prudente, duas semanas depois (15/12), passagens compradas e a expectativa de rever a Família e os AMIGOS; Mas tive problemas com os plantões e adiantei a viagem. – Vou fazer uma surpresa, pensei eu.
    Cheguei às 23h20 minutos do dia 28 de outubro, do aeroporto fui direto para casa da minha irmã, passei em frente de sua casa e seu carro não estava, sorri e pensei… minha amiga esta “ruando”. (neste momento amiga, eu não sabia, mas vc corria na esperança de ter a Ale nos braços, era só o que queria… sua filha viva).
    Cansada, adormeci e fui acordada pelo barulho do telefone… A Alessandra morreu!
    Um buraco se abriu… os sonhos escorregavam pelos meus dedos, dor, medo e um sentimento que jamais tinha pensado que se tornaria realidade… corri para abraçá-la, minhas pernas tremiam, como ajudar vc?
    O Marcos abriu a porta e com os olhos marejados me disse:
    - Uma tragédia.
    Subi as escadas, entrei em seu quarto e vi minha melhor amiga… ali, com um olhar perdido em nossos sonhos e vivendo o pior momento que uma mãe pode viver.
    Abracei-a (estou tremendo), não houve palavras, só um vácuo nos tornando uma mãe única.
    LUTO
    Cuidei e vc amiga, depois da dor de sepultar sua filha, a noite toda, fui a sua casa varias vezes na madrugada, colocava o ouvido na porta, tentando escutar algum ruído, e deixava uma flor em seu arbusto no jardim. Foi a forma que encontrei para mostrar-lhe que estava ali e sempre estarei.
    Agora vejo daqui de Brasília toda a sua mobilização.
    Sabe do que mais sinto orgulho?
    Sei que o que esta fazendo, no fundo, é para que em um futuro próximo, nenhuma mãe passe por essa dor… quantos já morreram naquela estrada? e vc pode e vai acabar com isso.
    A Alê esta bem! E vendo de perto sua luta, ela tb quer que continue a viver… como vc a ensinou.
    Amo vc, amiga!
    Adriana Corral Tacaci

  61. Kátia de O. Silva disse:

    Presto a minha solidariedade para com a familia, li sua msg é mto linda me emocionei mto eu tenho apenas 26 anos mas sei q não é facil, ja perdi um primo a quase 4 anos de acidente foi uma dor terrivel p nossa familia aos seus 21 anos e deixou um filho na época com 4 meses, ficamos destruturados mas com a ajuda dos amigos e principalmente de Deus nos reerguemos hoje sentimos mta falta dele….. saudade sim, tristeza não. Alessandra descanse em Paz. Um forte Ágape.
    Pres. Prudente.

    Oração

    Senhor,
    Escuta a minha oração.
    Eu tenho medo da morte, Senhor.
    Eu tenho medo da separação.
    Eu tenho medo da dor.
    Senhor,
    Eu já chorei, já sofri e continuo triste.
    Eu Te peço o dom da alegria.
    Que os meus dias possam ser iluminados pela alegria.
    Que a tristeza não fique por muito tempo.
    Na separação eu aceito a saudade, não o desespero.
    Nas perdas, que eu ganhe aprendendo.
    Nos tombos, que eu ganhe levantando.
    Na morte, que eu ganhe vivendo.
    Senhor,
    Escuta a minha oração.

    Amém.

    Livro Ágape Pe. Marcelo Rossi.

  62. Regiane dos santos Felipe disse:

    Ieda…..
    …… Sei que pouco dizem as palavras quando o sofrimento fala bem alto do que elas. Sei, porém, que a sua fé realiza maravilhas e você está lembrando muito bem que sua vida continua. Por isso mesmo, você precisa superar as lágrimas, por mais difícil que seja, e readquirir aos poucos o sorriso que fugiu do seu olhar. Chorar é humano. É sinal de estima. De amor. De solidariedade. Chorar alivia. Por isso, não faz mal que você chore. Quando as lágrimas lavam o coração – porque ele ama – elas são uma bênção. Contudo, lembre-se,Ieda de que você precisa retornar à lide cotidiana. “fortifique seu coração em Deus e erga os joelhos vacilantes”, e retome sua vida. Há sempre alguém precisando de você. Só a fé em Jesus Cristo é capaz de lhe dar o consolo que você procura. Diante da morte, todos os argumentos terminam. Somos limitados demais para encontrar a resposta exata que o nosso coração almeja. Para quem tem fé, a morte deixa de ser um fantasma e se torna a condição indispensável para o encontro do homem com Deus. Lembre -se Deus esta sempre contigo…ele enxugará toda lágrima de seus olhos,Ninguém melhor do que ele, para compreender a sua dor. Não queira, pois, revoltar-se, se você não compreende o porquê de tudo que sucedeu. Deus, nosso pai, sabe o que faz. Ele velará por você e não o deixará sozinho.Estarei aqui sempre que precisar..
    Que Deus abençõe vc e sua familia….
    Beijos…

  63. Elisabeth disse:

    Ola dona Ieda, a senhora foi na faculdade ontem para pedir assinaturas, e fiquei emocionada por ver sua luta, e saber que tudo o que passou a deixou forte, e com muita sabedoria, e que tudo o que esta fazendo ira ajudar muitas mães e salvar muitas vidas e com certeza sua filha la em cima esta muito orgulhosa de você! muita força sempre e que Jesus continue te iluminando e abençoando, beijos

  64. cristiane spolador pátaro disse:

    DEUS….
    Cris

  65. Fabiana Cristina de Souza disse:

    Olá Ieda!!!!!
    Há muitos anos nos conhecemos e te admiro imensamente como patroa, como mãe e como mulher…e você sabe disso…e por poucos meses tive o prazer de ser a personal da Alessandra,o que só fez aumentar o meu amor por essa família maravilhosa. A dor foi imensa,as vezes me pego pensando nela e em você também,e hoje em dia quando penso na Lê,sinto uma saudade muito grande,mas é uma coisa tão boa que realmente não sei como explicar para você, e logo parece que escuto aquela risada alta,grossa e gostosa me dizendo assim: ai Fá, só você mesmo…E pra gente fica somente a saudade e o grande amor que temos por ela.
    A separação é temporária, um dia, todas vamos nos reencontrar novamente , matar a saudade e rir muito juntas, como sempre fazíamos.
    Amo imensamente vocês…de coração, e acredito que esse pouco tempo que eu e a Lê tivemos esse contato suuuuper direto, foi porque eu não poderia passar pela vida sem conhecer profundamente uma pessoa tão autêntica e maravilhosa como a Alessandra.
    Um beijo e um abração….FABIANA

  66. Luciane Mauri Santiago da Silveira disse:

    Oi Ieda!
    Você tem razão, como explicar o tamanho do amor de uma mãe por seus filhos. É imensurável e indescritível. Hoje eu sou mãe também e posso dizer com orgulho “esse é o verdadeiro amor”. A distância traz a saudade mas nunca o esquecimento. O que muito me conforta, é que um dia, todos nós nos encontraremos junto aos braços de Jesus Cristo que nos ama e nos acolhe a todo instante.
    De coração, te amo demais e saiba que sempre podes contar comigo.
    Grande Beijo. Luciane.

  67. Oi Ieda ,como você sabe dessa vida não se leva nada……..,Só se deixa……,Então te deixo o meu melhor……, Meu melhor sorriso,Meu maior abraço,Minha melhor história,Minha melhor intenção,Toda minha compreensão,E da minha amizade,a maior porção. Pois você é uma pessoa muitíssimo especial,e uma patroa em que devo muito respeito.Um grande beijo.

  68. Gisele disse:

    Olá Ieda,

    Vc não me conhece, moro no mesmo condominio que a Alessandra morava, também não cheguei a conhece-la, mas os porteiros comentam muito bem dela, que era uma pessoa simples e educada.
    Me entregaram na portaria do Condominio o cartão com o site do Projeto, hoje entrei e percebi como este site foi criado com tanto carinho e dedicação. Onde Alessandra estiver, está cuidando de você e muito feliz pelo que está fazendo.
    Sinto muito pelo ocorrido, sofri um aborto ano retrasado e já foi uma dor imensa, não posso falar que tenho noção da sua dor, pq seria impossivel mensura-la.
    Hoje tenho uma Filha de 1 ano e 7 meses e estou gravida de 7 meses, como Deus faz milagres em nossa vida com um filho.
    Quando vier para Marília gostaria muito de receber sua visita em minha casa, na portaria do Condominio informe sobre a casa da Gisele e do Evandro, será um prazer em recebê-la.

    Grande abraço e fique com Deus.
    Parabéns pelo site… Continue esta força e com muita fé.

  69. Vera Lucia Figueredo Furlaneto disse:

    Oi, Ieda tdo bem?Sou a Vera de Piracicaba,conheci vc na praia e fiquei muito feliz por conhecer uma pessoa assim como vc,talvez vc não saiba mas senti muito a presença de Deus junto à vc e pode ter certeza ele sempre estara contigo.Quero que vc saiba se precisar de mim estou aqui a seu dispor e estara em minhas orações para que este projeto caminhe a cada dia mais.Bjs,fique com Deus….

  70. Minha mãe encontrou uma reportagem da Alessandra em um consultório médico , e começou a chorar por ver a foto dela, até arrancou a página e mostrou pra todo mundo que conhecemos e todos acharam que era a minha foto.Minha mãe me ligou e me contou, mas eu ñ acreditei, quando olhei a foto fiquei em choque, parecia a minha irmã gêmea, simplesmente idêntica, o cabelo, os olhos, aboca, o nariz até o rímel, incrível!
    Eu estou pasma pois olho a foto dela e me vejo, acho que é meu próprio retrato!Fiquei muito sensível e quis compartilhar com vocês, talvez seja só a foto que proporcionou a semelhança, mas a sensação que eu sinto quando a vejo é que to me olhando no espelho..Pasma! Quero assinar o abaixo assinado e saber um pouco mais da vida dela.
    Que Deus abençoe vocês lhes de muita força pra lutar.Espero que entre em contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


5 × sete =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>